Saúde e trabalho: uma pesquisa ação com recicladores de Joinville, Santa Catarina, Brasil.

Luciana Maria Mazon, Edilmar Theodoro Rosa, Karoline Souza de Mendonça, Gabriel Haack

Resumo


A reciclagem vem ocupando espaço nos debates nacionais e internacionais pelo importante papel social e ambiental que desempenha. Este estudo teve como objetivos identificar as necessidades relacionadas à saúde e trabalho dos recicladores de resíduos sólidos de uma cooperativa e desenvolver ações de educação em saúde direcionadas a estes trabalhadores. Tratou-se de uma pesquisa-ação, fruto de um projeto integrador, realizado com 16 trabalhadores cooperados a uma associação de recicladores da região norte de Santa Catarina, Brasil. O método foi composto por quatro fases: contextualização, planejamento das ações, ações e avaliação. O estudo evidenciou que a reciclagem ainda é desenvolvida por pessoas em situação de vulnerabilidade e com baixo nível de escolaridade. No entanto, esta profissão tem um grande significado aos trabalhadores que a desempenham, pois representa sua principal fonte de renda econômica, além disso, os trabalhadores reconhecem seu importante papel no ciclo produtivo da sociedade. As oficinas desenvolvidas com os recicladores relacionadas ao tema saúde e trabalho, possibilitaram orientar para o autocuidado e para a prevenção de agravos a saúde.

DOI: http://dx.doi.org/10.35700/ca.2020.ano7n12.p42-51.2656


Palavras-chave


Saúde; Educação; Reciclagem.

Texto completo:

PDF XML


DOI: http://dx.doi.org/10.35700/ca202001242-512656

Apontamentos

  • Não há apontamentos.