RETRATO, MEMÓRIA E HISTÓRIA: A TRANSFORMAÇÃO DA VIDA APÓS A EJA-EPT

Autores

Palavras-chave:

EJA-EPT, narrativa, política pública.

Resumo

O Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Jovens e Adultos (PROEJA), conhecido atualmente por Educação de Jovens e Adultos integrada à Educação Profissional e Tecnológica (EJA – EPT), tem por finalidade oportunizar a conclusão da educação básica em conjunto com uma qualificação e/ou formação profissional para todos e todas que não seguiram os estudos na linearidade, ou seja, para aqueles que desistiram ou não tiveram acesso à escola. Desse modo, os alunos da educação de jovens e adultos possuem um perfil diferenciado em termos de capital cultural e social, assim como em relação às trajetórias que vivenciaram. Este texto tem como objetivo apresentar uma narrativa que reflete os desafios e as dificuldades do retorno ao estudo de uma egressa da EJA – EPT do câmpus Rio do Sul, do Instituto Federal Catarinense (IFC), partindo da sua história, sua memória e retratos com diálogos e contribuições de autores como Freire (1967), Giddens (2003) e Bourdieu (1993, 1996, 2016). A metodologia usada foi a qualitativa, por meio de um texto narrativo, a partir de uma entrevista com uma aluna egressa do PROEJA/EJA – EPT – câmpus Rio do Sul, do ano de 2006, fruto da pesquisa de dissertação intitulada “Cenários e bastidores da implantação do PROEJA no Instituto Federal Catarinense”. Concluímos que essa modalidade de ensino exige políticas públicas bem distribuídas e um currículo diferenciado, pela pluralidade de identidades.

Palavras-chave: EJA – EPT. Narrativa. Políticas públicas.

 

 

Biografia do Autor

Karin Tyeko Anami, IFC

Possui graduação em Gestão Pública pelo Centro de Ensino Superior de Maringá (2017). Atualmente está vinculada ao setor da Corregedoria junto ao Instituto Federal Catarinense. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração Pública. Atualmente é mestranda do ProfEPT- Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional.

Fátima Peres Zago de Oliveira, IFC

Licenciada em Matemática pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (1990), especialista em Ensino de Matemática pela Fundação Educacional de Criciúma - FUCRI (1992), mestre em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004) e doutora em Educação Cientifica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2017). Atualmente é professora titular do Instituto Federal Catarinense, professora do Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), vice-presidenta da Sociedade Brasileira de Educação Matemática - SBEM (gestão jul. 2019-jul.2022) e Pró-Reitora de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFC. Participa do Movimento em Rede das Feiras de Matemática desde 1985 e está na coordenação coletiva da Comissão Permanente das Feiras de Matemática desde 2001. Atua em Educação Matemática, com ênfase em Educação Matemática Crítica nos seguintes temas: formação de professores, feiras de matemática, iniciação científica e Equação Civilizatória.

 

Referências

BOURDIEU, Pierre. Escritos da Educação. Tradução: Maria Alice Nogueira e Afrânio Catani. 9. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.
BOURDIEU, Pierre. Escritos da Educação. Tradução: Maria Alice Nogueira e Afrânio Catani. 16. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016.
BOURDIEU, P. Miséria do Mundo. Petrópolis, RJ: Ed. Vozes, 1993.
BRASIL. Lei nº 8.670, de 30 de junho de 1993. Dispõe sobre a criação de escolas Técnicas e Agrotécnicas Federais e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 1993. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8670.htm. Acesso em: 16 fev. 2021.
BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 1990.
BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Institui as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF: MEC, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 16 fev. 2021.
BRASIL. Decreto nº 5.840 de 13 de julho de 2006. Institui, no âmbito federal, o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA, e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2006. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/D5840.htm. Acesso em: 16 fev. 2021.
BRASIL. Lei nº 11.892 de 29 de dezembro de 2008. Institui a rede federal de educação profissional, científica e tecnólogica, cria os institutos federais de educação, ciência e tecnologia, e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm. Acesso em: 25 jun. 2021.
BRASIL. Decreto nº 5.478, de 24 de junho de 2005. Institui, no âmbito das instituições federais de educação tecnológica, o Programa de Integração da Educação Profissional ao Ensino Médio na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – Proeja. Brasília, DF: Presidência da República, 2005. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/2005/decreto-5478-24-junho-2005-537577-norma-pe.html. Acesso em: 25 jun. 2021.
BRASIL. Parecer CNE/CEB 11/2000. Brasília, DF: CNE, 2000. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/PCB11_2000.pdf. Brasília, DF: CNE, 2000. Acesso em: 16 fev. 2021.
FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. São Paulo: Paz e Terra, 1967.
GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. Tradução: Álvaro Cabral. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE. Campus Rio do Sul. Histórico do Campus. Disponível em: http://www.ifc-riodosul.edu.br/site/historico-do-campus/. Acesso em: 16 fev. 2021.
MARCONATTO, Lauri João. Evasão escolar no curso Técnico Agrícola na Modalidade de EJA da Escola Agrotécnica Federal de Rio do Sul–SC. 2009. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.
MENEZES, Ebenezer Takuno de. Verbete Escola Fazenda. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - EducaBrasil. São Paulo: Midiamix Editora, 2001. Disponível em: https://www.educabrasil.com.br/escola-fazenda/. Acesso em: 18 fev. 2021.
MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 14. ed. São Paulo: Hucitec, 2014.
MOURA, Dante. Henrique. EJA: formação técnica integrada ao ensino médio. In: BRASIL. EJA: formação técnica integrada ao ensino médio. Brasília, DF: Secretaria de Educação a Distância, 2006. p. 3-23. (Boletim - Salto para o futuro, n

Publicado

2021-12-30