PRÁTICAS CULTURAIS NO LIVRO DIDÁTICO DA EJA: A TV COMO LIMITAÇÃO DO CONHECIMENTO

Willams dos Santos Rodrigues Lima, Elisabete Duarte de Oliveira, Marinaide Lima de Queiroz Freitas

Resumo


Este artigo apresenta um recorte na pesquisa de Iniciação Científica, que fez parte dos estudos realizados pelo Programa Nacional de Cooperação Acadêmica. A investigação de base qualitativa, com abordagem na Análise de Conteúdo, teve como objetivo analisar o tratamento dado às práticas culturais no Livro Didático da Educação de Jovens e Adultos adotado pela Rede Municipal de Educação de Maceió. Problematizamos: Qual o tratamento dado pelo livro didático às práticas culturais? É um tratamento de fortalecimento e reinvenção das práticas culturais dos sujeitos estudantes, ou aponta, apenas, a existência de manifestações folclóricas em comemoração a datas específicas Os resultados evidenciaram a concepção de cultura numa perspectiva no singular e de práticas culturais em uma perspectiva de folclorização. Os estudos corroboraram para mostrar a influência da comunicação de massa, a televisão, sobre a vida das pessoas e, que muitas vezes tem dificultado a formação crítica dos sujeitos jovens e adultos.


Palavras-chave


Livro Didático. Práticas Culturais. Educação de Jovens e Adultos.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

CANEN, A. Sentidos e dilemas do multiculturalismo: desafios curriculares para o novo milênio. In: LOPES, A. C; MACEDO, E. (Orgs.). Currículo: debates contemporâneos. São Paulo: Cortez, 2010.

CERTEAU, M. de. A cultura no plural. 7. ed. Campinas: Papirus, 2012.

CHIZZOTTI, A. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

FRANCO, M. L. P. B. Análise de conteúdo. 2. ed. Brasília: Liber Livro, 2007.

FREIRE, E. C. S et al. Indústria cultural e cultura de massa: simetria ou assimetria, ideologia ou cultura? In: XIII ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E IX ENCONTRO LATINO AMERICANO DE PÓS-GRADUAÇÃO – Universidade do Vale do Paraíba. São José dos Campos – SP, 2009.

JESUS, Jordane Trindade de; RESENDE, Vitor Lopes. A Televisão e sua influência como meio: uma breve historiografia. In: IX ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MÍDIA – Universidade Federal de Ouro Preto. Ouro Preto – MG, 2013.

OLIVEIRA, E. D. O livro didático na educação de jovens e adultos. 2007. 107 f. Dissertação de mestrado, Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE, Universidade Federal de Alagoas – UFAL, Maceió, 2007.

SANTOS, V. P. dos. Didática: métodos e práticas de ensino na educação de jovens e adultos. Revista Eletrônica de Ciências da Educação, Campo Largo, v. 10, n. 2, dez. 2011.

SANTOS, T. L. dos; MEDEIROS Silvana de O. L. Indústria cultural e educação. Facesi em Revista, Ibiporã, Ano 2, v. 2, n.1, 2010. Disponível em: . Acesso: 29 set. 2016.

SOUZA, C. G. de. et al. É bom aprender: língua portuguesa, matemática, ciências, história, geografia e artes, volume 2: Educação de Jovens e Adultos – EJA. São Paulo: FTD, 2009.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A Revista EJA em Debate está indexada ao Livre!, ao SEER, à Sumários de Revistas Brasileiras e ao Periódicos CAPES

ISSN ELETRÔNICO 2317-1839                     ISSN IMPRESSO - 2316-4417

Qualis: B4