Educação em Saúde na Escola: Vivência com Estudantes do Sexo Masculino de Escolas Públicas

Maria Isabelle Barbosa da Silva Brito, Jéssica Kelly Coutinho de Melo, Valéria Alexandre do Nascimento, Yasmim Guimarães Tavares

Resumo


Objetivo: Empoderar indivíduos do sexo masculino em questões de saúde, através de intervenções educativas. Método: Pesquisa-ação, baseada na metodologia de Círculos de Cultura de Paulo Freire. Realizada em quatro escolas públicas da cidade do Recife/PE, com cerca de 70 estudantes do gênero masculino. Obteve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa do Complexo Hospitalar HUOC/PROCAPE recebendo parecer favorável nº 563.770. Resultados: As intervenções foram compostas por cinco encontros,  abordando os níveis de atenção à saúde; sexualidade e paternidade precoce; violência; consumo de álcool e outras drogas e alimentação saudável. Conclusão: Pode-se perceber a importância da desconstrução da ideia de invulnerabilidade do homem e que os mesmos expressem seus medos e fragilidades, para que se sintam mais confortáveis em procurar ajuda.


Palavras-chave


Círculos de cultura. Estudantes. Saúde do homem. Educação em saúde.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.