A ANÁLISE DA DOCUMENTAÇÃO DE SUJEITOS DA EJA COMO POSSIBILIDADE DE GARANTIA DO DIREITO À EDUCAÇÃO

Márcia Regina Ota, Vania Marques Cardoso

Resumo


O presente relato, a partir das situações concretas de verificação de documentação de Educação de Jovens e Adultos (EJA), com as quais lidamos na condição de supervisoras escolares na Prefeitura de Guarulhos em São Paulo, tem o objetivo de apresentar uma proposta viável de análise de documentação de estudantes diante das exigências formais para acesso à educação. Discutindo os limites e as possibilidades de contribuição da supervisão escolar com a efetivação da EJA como direito, trazemos à tona a reflexão acerca da fiscalização não de pessoas, mas de documentos e procedimentos enquanto um meio e não um fim para se viabilizar o acesso e a permanência de jovens e adultos na escola.


Palavras-chave


Educação de Jovens e Adultos (EJA). Supervisão escolar. Documentação escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W.; HABERMAS, J. Textos escolhidos. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

ADORNO, T. W.; HORKHEIMER, M. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

ADORNO, T. W. Educação e Emancipação. In: ADORNO, T. W. Educação e Emancipação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

ARROYO, M. G. Indagações sobre Currículo. Direitos e o Currículo. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica, 2007.

CANÁRIO, R.; RUMMERT, S. M. Educação de Jovens e Adultos trabalhadores no Brasil e em Portugal. Escritos preliminares. In: SOUZA, D.; MARTINEZ, S. Educação comparada: rotas de além-mar. São Paulo: Xamã, 2009.

CARRANO, P. C. R. Identidades Juvenis e Escola. São Paulo: RAAAB, 2000.

FABIANO, L. H. Indústria cultural e educação estética: reeducar os sentidos e o gesto histórico. In: ZUIN, A. A. S. et al. (Org). A educação danificada. Contribuições à Teoria Crítica da Educação. Petrópolis, RJ: Vozes; 1998.

FUCK, I. T. Alfabetização de adultos. Relatos de uma experiência construtivista. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

LIBÂNEO, J. C. Educação Escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2006.

_____________. Democratização da Escola Pública. A Pedagogia Crítico-Social dos Conteúdos. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

OLIVEIRA, C.; GANZELI, P. O processo de municipalização do ensino fundamental, da primeira à quarta série, em Piracicaba. In: GIUBILEI, S. (org.). Descentralização, municipalização e políticas educativas. Campinas: Alínea, 2001.

PINTO, A. V. Sete lições para educação de adultos. Introdução e entrevista de Demerval Saviani e Betty Antunes de Oliveira. São Paulo, Cortez, 2005.

RUMERT, S. M. A educação de jovens e adultos trabalhadores brasileiros no século XXI: O “novo” que reitera antiga destituição de direitos. Sisifo/Revista de Ciências da Educação, n. 02, jan./abr. 2007.

SACRISTÁN, J. G. Compreender e Transformar o Ensino. Porto Alegre: Artmed, 2000.

_____________. A educação que ainda é possível. Ensaios sobre uma cultura para a educação. Porto Alegre: Artmed, 2007.

SOARES, L. Diretrizes Curriculares Nacionais. Educação de Jovens e Adultos. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

SOARES, L. et al. (Orgs). Diálogos na educação de jovens e adultos. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A Revista EJA em Debate está indexada ao Livre!, ao SEER, à Sumários de Revistas Brasileiras e ao Periódicos CAPES

ISSN ELETRÔNICO 2317-1839                     ISSN IMPRESSO - 2316-4417

Qualis: B3